Tribulus terrestris: Confira seus benefícios para emagrecer e ganhar massa magra

Plantinha rasteira e de flores amarelas. A Tribulus terrestris ajuda a substituir gordura acumulada por massa magra. Veja aqui!

 

O que é Tribulus terrestris?

Na medicina popular se usam muitas ervas. Uma delas é a Tribulus terrestris. Esse é o nome científico da plantinha. No Brasil, ela é conhecida como videira-da-punctura ou abrolhos.

A família botânica dessa herbácea é Zygophyllaceae. Ela tem origem no sul da Europa, mas já se espalhou pelo mundo todo. Adapta-se bem a climas quentes e em algumas partes é considerada erva daninha, ou seja, uma invasora de campos de cultivo.

tribulus terrestris para mulher

Desde a antigüidade, o extrato das folhas e dos frutos da Tribulus terrestris vem sendo usado como tonificante, diurético e afrodisíaco. Supunha-se que o consumo rotineiro do extrato aumentava o nível de hormônios esteróides, sendo um deles a testosterona.

 

Benefícios para quem quer emagrecer

A composição química da Tibulus ainda é bem pouco estudada. Em 1990 cientistas isolaram o princípio ativo da planta, a protodioscina. Esse composto é uma saponina, um agrupamento de substâncias que lembram espuma de sabão. Mas a Tribulus tem várias outras saponinas cujos efeitos nós ainda desconhecemos.

O que esperar da protodioscina contida na Tribulus terrestris? Ela não emagrece. Mas algumas saponinas, não necessariamente essa, ajudam na substituição da gordura acumulada por massa magra.

É isso: não existe teste comprovando que a Tribulus terrestris emagrece. Porém, encontramos na literatura científica alguns artigos sugerindo que a administração durante semanas do extrato dessa planta a atletas profissionais fez com que eles ganhassem mais força muscular.

Vamos supor que seu médico aprove o uso da Tribulus terrestris por você. Você vai ganhar mais musculatura e essa responderá melhor aos exercícios. Porém, é importante incluir com freqüência alimentos fibrosos na dieta, como hortaliças verdes e frutas.

 

Outros benefícios da Tribulus terrestris

Há muito tempo que o extrato dessa planta vem sendo procurado com a alegação de que ela possui propriedades afrodisíacas. De fato, em 2008 se verificou que a Tribulus terrestris melhora a disfunção erétil moderada em ratos, coelhos e macacos.

Mas na literatura científica não existe comprovação de que em humanos o nível de testosterona ou outro hormônio esteróide fique mais elevado. Portanto, não se deixe enganar. A maioria dos estudos é realizada com um número pequeno de voluntários, o que inviabiliza uma conclusão robusta.

Em 2006, uma equipe de pesquisadores dos Emirados Árabes percebeu que a Tribulus terrestris é capaz de proteger o organismo de roedores contra os efeitos da diabetes. Em humanos, essa propriedade não foi avaliada.

Outros resultados de testes feitos com animais de laboratório sugerem que a Tribulus terrestris tem um papel importante como antídoto contra substâncias venenosas, pois ela protege o fígado e os rins.

 

Leia também:

Spirulina: um alimento para quem quer emagrecer

Dieta Low Carb – o que pode comer?

 

Recomendações no uso da Tribulus terrestris

Podemos achar que não, mas os compostos contidos em extratos de plantas pouco estudadas são perigosos para a saúde. A Tribulus terrestris deve ser considerada como medicamento e não como um simples suplemento. Consulte um médico antes de iniciar seu uso.

Nutrição e bem estar são coisas sérias. Se for tomar escolha uma marca confiável e produzida por laboratório idôneo. Os recipientes podem conter o nome da planta no rótulo, mas vir com hormônio esteróide exógeno. Quer dizer, aquele tipo que não é naturalmente produzido pela planta.

Um efeito leve que você poderá notar é o aumento de idas ao banheiro. Lembre-se que a Tribulus terrestris tem ação diurética.

Outros efeitos indesejados que podem aparecer são desconforto no estômago e crescimento da mama nos homens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *